Conteúdo publicado há 1 mês

Valdemar pede saída de assassino de Chico Mendes de diretório do PL no PA

O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, "recomendou", nesta terça-feira (27), que o homem condenado pela morte do ambientalista Chico Mendes seja destituído da presidência da sigla no interior do Pará.

O que aconteceu

Darci Alves Pereira assumiu a presidência do PL em Medicilândia. Valdemar divulgou o comunicado horas após uma reportagem do portal (O)Eco divulgar a respeito da nomeação.

Na nota, o presidente nacional do PL diz que não sabia que Darci era o assassino confesso do ambientalista. "Agradeço à imprensa por trazer ao nosso conhecimento esse importante fato", declarou.

Valdemar diz que recomendou ao presidente da sigla no Pará, deputado federal Éder Mauro, a destituição de Darci. O assassino de Chico Mendes é conhecido atualmente como "Pastor Daniel".

Questionado pelo UOL, Darci Alves Pereira disse apenas "se nós temos um presidente, não preciso eu falar". A reportagem também tenta contato com Éder Mauro. Se houver resposta, o texto será atualizado. O espaço segue aberto para manifestação.

O ambientalista e ativista Chico Mendes foi morto em 22 de dezembro de 1988, em Xapuri (AC).

Ele foi alvejado por um tiro de espingarda no peito quando saía para tomar banho. A investigação levou às prisões de Darci Alves, que confessou ter cometido o crime. Ele matou o ativista a mando do pai, o fazendeiro Darly Alves da Silva.

Deixe seu comentário

Só para assinantes