Conteúdo publicado há 1 mês

Bolsonaro cutuca Lula por se vacinar na rede privada: 'Vacinou escondido'

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) usou as redes sociais para provocar o presidente Lula (PT) por ter se vacinado contra a dengue na rede privada, como revelou o jornal Folha de S.Paulo.

O que aconteceu

Bolsonaro alfinetou o sucessor em publicação no X, antigo Twitter. "Se vacinou escondido... O povo que se dane", escreveu ele ao compartilhar uma reprodução da reportagem segundo a qual o petista recebeu o imunizante cinco dias antes do início da campanha do SUS.

Os apoiadores do presidente reforçaram as críticas a Lula. "Surpreende zero pessoas", reclamou uma seguidora. "Esse descondenado nunca se preocupou com o povo", disse outra. "Lula como sempre egoísta", afirmou mais um.

Apoiadores de Lula saíram em defesa do presidente. "Pelo menos ele não fraudou o cartão de vacinação, né?", afirmou um seguidor. Este ano, Bolsonaro foi indiciado por ordenar fraude em seu cartão de vacina. Segundo a Polícia Federal, sua intenção era que ele e a família "pudessem ter à disposição os documentos necessários para cumprir eventuais requisitos legais para entrada e permanência no exterior, aguardando a conclusão dos atos relacionados à nova tentativa de Golpe de Estado que eclodiu no dia 8 de janeiro de 2023".

Outro seguidor lembrou que Bolsonaro criticou a vacinação contra a covid. Lula "pelo menos (...) não incentivou a população a não se vacinar", disse um seguidor. Ainda presidente, ele dizia que as vacinas poderiam provocar efeitos colaterais, e recomendava o uso de remédios sem comprovação científica para tratar a infeção pelo coronavírus.

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) também criticou Lula pela vacinação na rede privada. "Mais de 6 milhões de casos de dengue, mais de 4.000 mortes e o que a alma mais honesta fez? Tomou vacina escondido porque petista é assim: dane-se o povo brasileiro, o que interessa sou eu e meus 'cumpanheiros'! E eu aposto que não foi só ele, viu?! Se procurar, os cupinchas também tomaram antes", afirmou também no X.

A vacinação de Lula

Lula se vacinou contra a dengue na rede privada em 5 de fevereiro. Além de não divulgar, a imunização ocorreu quatro dias antes de o SUS iniciar sua campanha de imunização, mostrou a Folha após receber os dados por Lei de Acesso à Informação.

Continua após a publicidade

Não é ileal receber a dose em instituição particular. Segundo o jornal, o governo não informou a marca e o custo da vacina aplicada, além do nome do laboratório.

 Alckmin vacina Lula
Alckmin vacina Lula Imagem: O Antagonista

Deixe seu comentário

Só para assinantes