Topo

Mais Médicos abre vaga para 2.000 profissionais formados no Brasil

Adriano Vizoni/Folhapress
Moradores aguardam atendimento na Unidade Básica de Saúde de Antas, cidade no sertão baiano; Nordeste registrou 40% das desistências dos profissionais do programa Mais Médicos Imagem: Adriano Vizoni/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

2019-05-13T10:32:04

13/05/2019 10h32

O Ministério da Saúde publicou hoje no Diário Oficial da União um novo edital com a abertura de 2.000 vagas para o Programa Mais Médicos. As inscrições, que vão de 27 a 29 de maio, pretendem contratar profissionais para atender 6 milhões de pessoas em 790 cidades do Brasil.

De acordo com a pasta, "o novo edital prioriza participação de profissionais formados e habilitados com CRM (Conselho Regional de Medicina) do Brasil".

Caso haja vagas remanescentes dessa 1ª etapa, as oportunidades serão estendidas, em um segundo chamamento público, aos profissionais brasileiros formados em outros países e que já tenham habilitação para o exercício da Medicina no exterior
Ministério da Saúde

Os cerca de 2.000 médicos devem começar a atuar na atenção primária a partir de junho, diz a pasta, em áreas com dificuldades de acesso, "a exemplo das ribeirinhas, fluviais, quilombolas e indígenas".

O edital informa que "para garantir imparcialidade na escolha dos médicos", o Ministério da Saúde estabeleceu critérios de classificação, como títulos de Especialista ou Residência Médica em Medicina da Família e Comunidade. "A medida visa garantir profissionais com perfil de atendimento para a atenção primária", diz nota do ministério.

Outra novidade do edital é que toda a documentação desses médicos precisará ser enviada ao Ministério da Saúde pela internet no ato de inscrição. "Essa mudança garante que apenas profissionais já habilitados participem do chamamento público, o que contribuirá para otimizar tempo e recurso."

Já as secretarias municipais de saúde terão entre os dias 13 e 17 de maio para acessar o sistema a fim de renovarem ou aderirem às vagas. "Depois dessa etapa, deverão fazer a confirmação. Nesse momento terão conhecimento do número de vagas destinadas aos municípios que vão receber os profissionais do Mais Médicos."

Governo permite que médicos voltem para Cuba

Band News

Mais Ciência e Saúde