PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus: Aeronáutica entrega hotel para quarentena de até 58 pessoas

Mapa do hotel que receberá 34 expatriados chineses vindos da China em Anápolis - Hanrrikson de Andrade/UOL
Mapa do hotel que receberá 34 expatriados chineses vindos da China em Anápolis Imagem: Hanrrikson de Andrade/UOL

Guilherme Mazieiro

Do UOL, em Anápolis (GO)

07/02/2020 15h25

Resumo da notícia

  • Tripulação de 24 membros e 34 resgatados poderão ficar até 18 dias no local
  • A área de 900 m² está isolada do restante da unidade militar e possui hotel
  • Todos que estiverem nas dependências do hotel precisarão usar máscaras

O governo federal e a Aeronáutica entregaram hoje o hotel das Forças Armadas que foi equipado para abrigar 58 pessoas envolvidas na operação de resgate na China. A tripulação de 24 membros e os 34 resgatados em área de risco de coronavírus poderão ficar até 18 dias nas dependências militares, em Anápolis (GO).

A expectativa do governo é de que eles cheguem à unidade entre a noite de sábado e a madrugada de domingo. O local foi vistoriado na tarde de hoje pelos ministros da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, e o da Saúde, Henrique Mandetta, junto do governador Ronaldo Caiado (DEM-GO) e outras autoridades.

A área de 900 m² está isolada do restante da unidade militar e possui hotel com quartos individuais, lavanderia, refeitório, enfermagem e área de lazer externa.

"Não há nada improvisado. Não há um item que não tenha check-list completo. O que mais a gente faz nessas situações é informar com qualidade. Acalmar as pessoas: 'olha esse este é um procedimento absolutamente normal'", declarou Mandetta.

Coronavírus: Instalações onde brasileiros ficarão em quarentena

Quarentena

Pelo cronograma da Aeronáutica, os 34 resgatados (dos quais quatro são chineses, familiares de brasileiros) permanecerão em quarentena pelos 18 dias. Já os 24 tripulantes brasileiros (12 médicos das Força Aérea, dois médicos do ministério da Saúde, dois jornalistas e oito tripulantes) passarão por triagem ao chegar no Brasil e poderão ou não integrar a quarentena, a depender do contato que tiveram com os resgatados e exames clínicos.

Quem permanecer na quarentena terá cinco refeições por dia e acompanhamentos clínicos e psiquiátricos diários. Há brinquedotecas para entreter crianças e campo de futebol no local.

Todos que estiverem nas dependências do hotel precisarão usar máscaras para cobrir boca e nariz, como medida de prevenção. As autoridades ressaltaram que só chegarão ao Brasil as pessoas assintomáticas, ou seja, aquelas que não apresentaram nenhum sintoma relacionado ao contágio de coronavírus.

Se algum dos resgatados fosse identificado com sintomas, por determinação da China, deveria permanecer naquele país.

"É importante tranquilizar toda população de Anápolis. Só embarcarão na aeronave pessoas assintomáticas, pessoas sem nenhum sintoma da doença", disse o secretário do Ministério da Saúde, Júlio Croda.

Regresso

Na área da quarentena, além de telões temáticos com dizeres "operação regresso à pátria amada" e quartos para receber os repatriados, o hotel improvisado dispõe de outras instalações. Há brinquedoteca, lavanderia, refeitório e uma sala de cuidados médicos. A estrutura isolada tem Wi-fi liberado com o nome "regresso".

Os quartos estão equipados com ar condicionado, camas, banheiros individuais, televisão. Há salgadinhos industrializados e refrigerantes dentro dos quartos. Nos banheiros foram colocados itens de higiene pessoal como pasta de dente, escovas e shampoos.

Na área externa é arborizada e sinalizada com bandeiras verde e amarelas. Há espaço com pula-pula, campo de futebol e cadeiras para banho de Sol. Uma tenda com cadeiras e um telão também está instalado no local. O local é isolado da base por gradis.

O custo da operação e da quarentena não foi informado.

Coronavírus liga alerta pelo mundo

Saúde