PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Italiano de 101 anos é curado do novo coronavírus em Rimini, na Itália

Homenagem aos profissionais de saúde na Itália durante a pandemia de coronavírus - Emanuele Cremaschi/Getty Images
Homenagem aos profissionais de saúde na Itália durante a pandemia de coronavírus Imagem: Emanuele Cremaschi/Getty Images

Em mais uma história comovente, um idoso de 101 anos foi curado do novo coronavírus (Sars-CoV-2) e voltou para sua casa em Rimini, na Itália, na noite de ontem. A notícia foi divulgada pela vice-prefeita da cidade, Gloria Lisi.

"Nesta manhã, me deram essa boa notícia: um homem de Rimini, positivo para covid-19, recebeu alta do hospital Infermi de Rimini e voltou para a casa de sua família", disse a representante.

Segundo as informações repassadas por Lisi, o "senhor P." nasceu em 1919 em meio a outra "trágica pandemia mundial", a da gripe espanhola.

"Cento e um anos, o século foi quase vivido inteiro por ele. Ele viu de tudo, o senhor P. Guerras, fome, dores, progresso, crises e ressurreições. Ultrapassando a barreira centenária, o destino lhe colocou esse novo desafio, invisível e terrível ao mesmo tempo", afirmou ainda.

O idoso ficou internado durante as últimas semanas, testando positivo para a covid-19 e "em poucos dias, ele também se tornou 'a história' para médicos, enfermeiros e toda a equipe sanitária" do hospital.

"Uma esperança para o futuro de todos nós no corpo de uma pessoa com mais de 100 anos, quando as histórias tristes destas semanas contam mecanicamente, todos os dias, que o vírus ataca sobretudo os idosos. Mas, ele conseguiu. O senhor P. conseguiu. A família o levou para casa ontem à noite e isso nos ensina que, nem com 101 anos, alguém já tem o futuro escrito", finalizou a vice-prefeita.

Casos como o idoso de Rimini começaram a aparecer na mídia italiana. Apesar de poucos ainda frente à tragédia, eles acabam encorajando médicos, enfermeiros e equipes que atuam no combate à doença por todo o país.

Até a tarde de ontem, a Itália contabilizava 74.386 infectados pelo novo coronavírus, sendo que 7.503 faleceram - a ampla maioria deles compreende a faixa etária acima dos 60 anos.

Errata: o texto foi atualizado
O idoso nasceu em meio à gripe espanhola, e não durante a peste negra. A informação foi corrigida

Coronavírus