PUBLICIDADE
Topo

Covid-19: Ministério volta atrás e diz que 1º caso não ocorreu em janeiro

22.jan.2020 - Fachada do Hospital Eduardo de Menezes, em Belo Horizonte - Flávio Tavares/Estadão Conteúdo
22.jan.2020 - Fachada do Hospital Eduardo de Menezes, em Belo Horizonte Imagem: Flávio Tavares/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo*

03/04/2020 15h10

O Ministério da Saúde declarou que houve um erro sobre o primeiro caso de coronavírus no Brasil. Ontem, em coletiva, o governo declarou que conseguiu identificar um caso da doença em uma mulher de 75 anos, de Minas Gerais, que foi hospitalizada no fim de janeiro.

Até então, o primeiro caso confirmado da doença no Brasil tinha sido o de um paciente que teve o teste positivo anunciado em 26 de fevereiro.

Porém, hoje, o Ministério afirmou em nota que foi comunicado pela Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais que a "informação de início dos sintomas foi alterada de 23 de janeiro para 25 de março" — ou seja, um engano de mais de dois meses.

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde afirmou que aguarda informações do ministério para prosseguir com as investigações sobre o caso.

A pasta diz que em janeiro de 2020 "foram registradas 163 notificações de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em Minas Gerais, que podem ter sido provocadas por diversas doenças respiratórias.

Destas, 71 notificações foram de SRAG em pacientes com mais de 70 anos de idade". Os dados, segundo a secretaria, constam no Sistema de Informação de Vigilância da Gripe (SIVEP-Gripe).

*Com informações do Estadão

Coronavírus