PUBLICIDADE
Topo

SP terá hospital de campanha contra covid-19 no complexo do Ibirapuera

Felipe Pereira

Do UOL, em São Paulo

07/04/2020 12h51

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou hoje que o complexo do Ibirapuera será transformado um hospital de campanha para receber infectados pelo novo coronavírus.

O local, que receberá casos de baixa e média complexidade, terá 240 leitos e começará a funcionar no dia 1 de maio. O investimento do governo está estimado em R$ 42 milhões.

O hospital de campanha do Ibirapuera vai contar com 800 profissionais de saúde e terá área de 7,5 mil metros quadrados. O local contará com tomógrafos, equipamento para exames que medem a extensão da covid-19 no organismo dos pacientes.

"Ele tem como sustentar de pacientes que eventualmente tenham um agravo durante a internação", declarou o coordenador de Centro de Contingência do Coronavírus, David Uip.

Este será o terceiro hospital de campanha na cidade. Os complexos do estádio do Pacaembu e Anhembi também passaram por adaptações para enfrentar a pandemia de covid-19.

Governo vai distribuir cestas básicas

O governo de São Paulo também anunciou que vai auxiliar 4 milhões de pessoas de baixa renda com a distribuição de um milhão de cestas básicas. O programa "Alimento Solidário", que entra em vigor no dia 17 de abril, conta com o apoio de 48 grupos empresários e terá custo de R$ 110 milhões.

A Secretaria de Desenvolvimento Social informou que famílias devem ter renda máxima de R$ 89 por pessoa para ter direito ao benefício. A distribuição prioritária acontecerá na capital do estado e região metropolitana.

Coronavírus