PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Amazonas supera DF e se torna líder em incidência de covid-19 no país

Sem estrutura, cidades do interior do AM precisam contar com UTIs aéreas para transportar pacientes - Secom/AM
Sem estrutura, cidades do interior do AM precisam contar com UTIs aéreas para transportar pacientes Imagem: Secom/AM

Carlos Madeiro

Colaboração para o UOL, em Maceió

08/04/2020 18h56

Resumo da notícia

  • Amazonas tem 19,1 infecções pelo novo coronavírus para cada 100 mil habitantes, segundo o Ministério da Saúde
  • A taxa estadual já é mais do que o dobro da nacional, que está em 7,5 por cada 100 mil pessoas
  • Segundo o boletim estadual, são 804 casos oficiais de covid-19 no Amazonas, com 30 mortes confirmadas e outras em investigação

O estado do Amazonas ultrapassou o Distrito Federal e agora registra a maior incidência da doença covid-19 entre todas as unidades federativas do país.

Os dados foram apresentados hoje em entrevista coletiva do Ministério da Saúde, que apontou 19,1 infecções pelo novo coronavírus para cada 100 mil habitantes no Amazonas. A taxa estadual já é mais do que o dobro da nacional, que está em 7,5 por cada 100 mil pessoas.

Já foram registrados 800 óbitos no Brasil em decorrência da covid-19 e 15.927 casos oficiais até o momento.

Segundo o boletim estadual divulgado hoje, foram 168 casos confirmados nas últimas 24 horas no Amazonas, totalizando agora 804. Em apenas uma semana, o número de casos saltou 350%. Já são 30 mortes confirmadas até agora e outras em investigação.

Segundo o ministério, cinco estados — Amazonas, São Paulo, Rio de Janeiro, Amapá e Ceará — e o Distrito federal são classificados como em situação de "emergência", por apresentarem incidência pelo menos 50% a mais do que a média nacional.

Troca de comando na Saúde

Em meio à crise causada pela covid-19, o governo do Amazonas informou hoje a troca de gestor na área da Saúde. O doutor em Saúde Rodrigo Tobias foi exonerado e volta ao seu cargo de pesquisador na Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz).

A Secretaria de Estado de Saúde passou a ser comandada pela biomédica paulista Simone Papaiz, especialista em gestão hospitalar. Ela era secretária municipal de Saúde da cidade de Bertioga (SP).

Para tentar conter o avanço do novo coronavírus, a prefeitura de Manaus baixou um decreto no domingo (5) determinando a cassação do alvará de funcionamento de comerciantes de serviços não essenciais que descumprirem o isolamento social. A prefeitura também suspendeu temporariamente a venda do passe estudantil e a gratuidade para idosos.

Na cidade de Manacapuru, na Grande Manaus, já são 44 casos confirmados — a maior incidência entre todas as cidades do estado. A prefeitura decretou toque de recolher das 20h às 6h e tem realizado diariamente a desinfecção das ruas por meio de agentes de saúde.

Coronavírus