PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Teich: País negocia para entrar em grupo que testará 1ª vacina contra covid

Do UOL, em São Paulo

11/05/2020 18h04

O ministro da Saúde, Nelson Teich, declarou hoje que o Brasil está em negociações para integrar um grupo que realizará testes para a primeira vacina contra o novo coronavírus.

"A gente está trabalhando para integrar um grupo que vai testar a primeira vacina para covid-19. Estamos interagindo para fazer parte desse grupo. Isso é importante para o Brasil", declarou Teich durante a entrevista coletiva da pasta, realizada diariamente, para divulgar atualizações sobre a situação da covid-19 no país.

Não há cura ou mesmo vacina para a covid-19 confirmada até o momento pela OMS (Organização Mundial da Saúde). A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), responsável pela regulamentação de medicamentos no país, também afirma que não há remédio aprovado para a doença no momento.

Teich acrescentou que o ministério não proíbe o uso de nenhum medicamento testado para o coronavírus. O titular da pasta explicou que há uma diferença entre não recomendar um remédio e restringir seu uso.

"O Ministério da Saúde não proíbe o uso dos medicamentos que vêm sendo testados para a covid", observou ele.

Na semana passada, o ministro já havia declarado que o país negociava cotas de vacinas para a doença que ainda não foram produzidas. O ministro disse que buscava se antecipar à possibilidade de surgir um tratamento mais efetivo contra a covid-19 e garantir que o Brasil não sofresse com grande demanda mundial.

Coronavírus