PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Coronavírus: Lockdown em São Luís é prorrogado até 17 de maio

1º dia de lockdown em São Luís (MA) - Governo do Maranhão
1º dia de lockdown em São Luís (MA) Imagem: Governo do Maranhão

Carlos Madeiro

Colaboração para o UOL, em Maceió

12/05/2020 17h13Atualizada em 12/05/2020 18h04

As cidades de São Luís, Raposa, São José de Ribamar e Paço do Lumiar, no Maranhão, ficarão em lockdown até o dia 17 de maio. A decisão foi tomada hoje pelo juiz Douglas Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, em uma audiência de conciliação, em São Luís, com representantes das prefeituras, governo do estado e MP.

"Estados e municípios queriam já encerrar o lockdown na quinta-feira (14), com o fim do prazo de 10 dias. Representantes de estado e municípios disseram que já estavam com mais 80 vagas criadas, que até o fim de semana haverá mais 100 leitos com o hospital de campanha. E isso equilibra a demanda por leitos. O MP não pediu a prorrogação, apenas que estado e municípios prestem", diz.

Martins afirma que, apesar disso, ele resolveu chamar todos os interessados na ação. "Eles aceitaram mais três dias de comum acordo, até porque não havia mais requerimento no processo. Não houve uma decisão. Mas eles disseram que pretendem manter outras medidas de isolamento, como adotou São Paulo, por exemplo, de fazer um rodízio de carros, de atividades econômicas", relata Martins.

Com o feriado antecipado, será proibida a entrada e saída da ilha de São Luís. A ideia é diminuir a circulação de pessoas.

Coronavírus