PUBLICIDADE
Topo

Campinas anuncia reabertura de comércio com capacidade e horário reduzidos

Prefeito de Campinas anuncia reabertura de comércio - Reprodução/Facebook
Prefeito de Campinas anuncia reabertura de comércio Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

28/05/2020 19h01

O prefeito de Campinas (SP), Jonas Donizette, anunciou na tarde de hoje a reabertura de shoppings e o comércio de rua a partir da próxima segunda-feira (1º) com 30% da capacidade, horários reduzidos e sem a realização de promoções. Ele também anunciou a reabertura de restaurantes no horário de almoço, igrejas e templos religiosos.

"Eu apresentei um plano de flexibilização em três fases, que é praticamente o mesmo que o governo do estado apresentou. E agora, nós estamos anunciando para Campinas, a partir do dia 1º de junho, a reabertura gradual e restrita em 30% do comércio", disse Donizette.

Segundo o prefeito, a reabertura será realizada dentro de condições sanitárias, como o uso de máscara (tanto para o cliente quanto o atendente), o uso do álcool gel, e o controle de acesso. Ele também anunciou o horário diferenciado (como, por exemplo, entre 10h e 16h para o comércio de rua, e das 14h às 20h para os shoppings centers). Funcionários com mais de 60 anos devem continuar afastados por medida de segurança.

Além disso, o prefeito também proibiu os estabelecimentos de fazerem promoções para evitar a ida e a aglomeração de pessoas.

A decisão de Campinas ocorre um dia depois que o governador João Doria Jr. anunciou um novo período de quarentena para o estado de São Paulo, que será válido entre os dias 1 e 15 de junho, como forma de combate à pandemia do novo coronavírus. A novidade foi a criação de um sistema de fases de flexibilização do isolamento social para a retomada de atividades econômicas.

Segundo boletim divulgado pela prefeitura, Campinas registra, até agora, 1.353 casos confirmados do novo coronavírus (66 a mais que a última divulgação) e 67 mortes em decorrência da doença. Outras 13 estão em investigação.

Saúde