PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

David Uip afirma que coronavírus está 'se interiorizando' em SP

O infectologista explica que as medidas de isolamento social evitaram que o vírus atingisse o interior -- até agora - Divulgação/Governo do Estado de São Paulo
O infectologista explica que as medidas de isolamento social evitaram que o vírus atingisse o interior -- até agora Imagem: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

Do UOL, em São Paulo

08/06/2020 22h39

O infectologista David Uip afirmou hoje, em entrevista à CNN Brasil, que a região metropolitana de São Paulo aparentemente já atingiu a estabilidade nas curvas de contágio do novo coronavírus.

Em contrapartida, a covid-19 está "se interiorizando" — ou seja, as cidades do interior estão começando a ser afetadas pela pandemia.

"Esse vírus está se interiorizando, isso é claro. Aumentou o número de municípios e aumentou o número de casos em municípios. Provavelmente, como começamos rapidamente o distanciamento social, houve um travamento na área metropolitana."

Agora, com o início da flexibilização, a transmissão e a demanda por leitos em hospitais do interior aumenta. Uip resume: "A epidemia no interior está duas a três semanas atrasada em relação à área metropolitana de São Paulo".

O médico também criticou as alterações feitas pelo governo federal no método de divulgação dos números de mortos e infectados pelo coronavírus:

"Sem dados, você não pode fazer gestão do número de leitos, planejar qualquer tipo de flexibilização. Quanto mais informado você estiver, melhor a sua gestão pública desses dados."

No sábado, o Ministério da Saúde passou a divulgar apenas os casos registrados nas 24h anteriores — e não mais os números consolidados e o histórico da doença desde seu começo.

Não foi a primeira mudança que dificulta o acesso aos dados: o governo federal já havia alterado o horário de divulgação das 17h para as 19h e, mais uma vez, para as 22h, e na noite da última quinta-feira o portal utilizado para tornar públicas as informações saiu do ar e só voltou 19h depois.

Coronavírus