PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Coronavírus: SP tem 386 mortes em 24h e ultrapassa 200 mil casos

Felipe Pereira

Do UOL, em São Paulo

19/06/2020 13h15Atualizada em 19/06/2020 15h02

O estado de São Paulo registrou 386 mortes por coronavírus nas últimas 24 horas, atingindo um total de 12.232 desde o início da pandemia de covid-19. O número se aproximou do recorde diário de óbitos, 389, registrado na última quarta-feira.

De acordo com os números apresentados hoje pelo governo paulista, ainda foram confirmados mais 19.030 casos oficiais da doença nas últimas 24 horas, alcançando 211.658 no total.

Segundo o secretário estadual de Saúde, José Henrique Germann, o índice disparou devido à normalização do e-SUS. O sistema nacional, que faz o levantamento ambulatorial dos casos mais amenos da doença, passou por um processo de automação nos últimos três dias e, com isso, os dados não foram registrados corretamente, gerando uma subnotificação.

Segundo o governo de São Paulo, o estado está com 66,5% de lotação dos leitos de UTIs. Já a Grande São Paulo está com 70,5% de vagas ocupadas. Ao todo, 4.996 pessoas estão internadas em UTIs, enquanto 7.981 infectados estão em enfermarias.

A capital do estado registra 109.192 casos oficiais e 5.997 mortos.

Desde o início de junho, o estado tem experimentado uma flexibilização da quarentena a partir de uma estratégia chamada Plano São Paulo, que classifica 22 regiões e sub-regiões de acordo com os níveis de controle da pandemia. Em entrevista coletiva hoje, o governador João Doria (PSDB) anunciou que duas regiões - Marília e Registro - tiveram que voltar para a fase mais crítica devido a um aumento expressivo no número de internações e precisarão fechar o comércio reaberto.

A capital continua na fase 2, laranja, com reabertura gradual das atividades econômicas.

Coronavírus