PUBLICIDADE
Topo

Casos mundiais de covid ultrapassam 10 milhões; SP é 2ª região em infecções

Profissionais de saúde tratam de paciente com coronavírus em hospital em Santo André (SP) - Rahel Patrasso
Profissionais de saúde tratam de paciente com coronavírus em hospital em Santo André (SP) Imagem: Rahel Patrasso

Do UOL, em São Paulo

28/06/2020 08h14Atualizada em 28/06/2020 18h18

Mais de 10 milhões de pessoas já foram infectadas em todo o mundo pelo novo coronavírus, confirma hoje o mapeamento da Universidade Johns Hopkins, referência global no mapeamento da pandemia. São, até o momento, 10.044.731 caos confirmados em todos os países do mundo, em ranking liderado pelos Estados Unidos, à frente apenas do Brasil:

  • Estados Unidos: 2.531.733 casos confirmados
  • Brasil: 1.313.667 casos confirmados
  • Rússia: 633.542 casos confirmados
  • Índia: 528.859 casos confirmados
  • Reino Unido: 312.640 casos confirmados

Em menos de uma semana, o número total de casos ultrapassou a conta de 1 milhão: no dia 22, o mapeamento contabilizava 9 milhões de confirmações.

Apesar de ocupar a segunda posição no número total de pessoas já diagnosticadas com a covid-19, o Brasil surge quase empatado com os EUA na lista dos países que mais confirmaram diagnósticos nos últimos cinco dias, 41.679 contra 42.608 dos norte-americanos. Em seguida, surgem Índia (18.585), Rússia (6.912) e México (5.318).

São Paulo surge em segundo lugar na lista global das regiões com o índice total de casos:

  • Nova Iorque (EUA): 392.539
  • São Paulo (Brasil): 265.581
  • Moscou (Rússia): 220.071
  • Metropolitana (Chile): 214.388
  • Califórnia (EUA): 210.821

Dados publicados neste domingo pela OMS (Organização Mundial da Saúde) revelam um número inédito de novos casos em 24 horas. No período avaliado pela entidade, foram 189 mil casos extras, com o Brasil liderando as infecções e mortes.

Nesta semana, a agência mundial da Saúde vai marcar os seis meses do primeiro caso informado à entidade, em 31 de dezembro de 2019. Mas a marca será usada para que a cúpula da OMS alerte, nesta segunda-feira, que não há sinais de que a crise esteja perdendo força..

O Brasil

O novo coronavírus já matou, desde o início da pandemia, 57.103 brasileiros, confirmou ontem o consórcio de veículos de imprensa do qual o UOL faz parte. Segundo dados dos estados, 994 óbitos foram confirmados em 24h. No total, os dados das secretarias de estado confirmam 1.315.941 pessoas contaminadas — com 35.887 confirmações em últimas 24 horas.

Ontem, o Ministério da Saúde atualizou ainda a cronologia da pandemia no país, confirmando que a primeira morte ocorreu, na verdade, em 12 de março, três dias antes do que se informava até então.

Coronavírus