PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

AP: máscaras de mergulho serão adaptadas para reduzir intubações por covid

Modelo da máscara que será produzida pelos pesquisadores da Unifap para auxiliar em casos de intubação de pacientes com covid-19 - Divulgação Unifap/Ascom
Modelo da máscara que será produzida pelos pesquisadores da Unifap para auxiliar em casos de intubação de pacientes com covid-19 Imagem: Divulgação Unifap/Ascom

Do UOL, em São Paulo

14/08/2020 14h47

Professores e voluntários da Unifap (Universidade Federal do Amapá) estão pedindo doações de máscaras de mergulho que serão utilizadas em um projeto já em andamento para ajudar pacientes com covid-19.

A equipe já produziu cerca de mil protetores faciais do tipo "face shields" para agentes de saúde, segurança pública e profissionais de atendimento ao público. Agora, a ideia é produzir adaptadores criados em impressoras 3D em máscaras de mergulho para diminuir a necessidade de intubação de pacientes com a doença.

"A proposta veio de docentes do curso de Engenharia Civil com o apoio dos cursos de Engenharia Elétrica, Matemática e Física", diz o professor Felipe Monteiro, integrante da comissão.

Os adaptadores convertem a função original do produto, para que se tornem máscaras não invasivas para respiradores mecânicos aos pacientes com sintomas graves da covid.

A máscara de mergulho, além de mais barata que a hospitalar, é vedada e cobre todo o rosto, facilitando a respiração e diminuindo o desconforto do paciente. A ideia é que ela seja usada em leitos clínicos ou em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva).

Para quem tiver interesse em ajudar com as doações, basta entrar em contato pelo email: protocolo@unifap.br

Coronavírus