PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
10 meses

Covid: Maioria dos hospitais privados de SP tem mais de 80% da UTI ocupada

Enfermeira faz atendimento a paciente de covid-19 na UTI do Hopistal Albert Einstein, em São Paulo - Avener Prado/UOL
Enfermeira faz atendimento a paciente de covid-19 na UTI do Hopistal Albert Einstein, em São Paulo Imagem: Avener Prado/UOL

São Paulo

15/01/2021 10h12

A taxa de ocupação dos leitos destinados a pacientes com covid-19 nos hospitais privados do estado de São Paulo está em nível preocupante. Em 64% da rede particular a ocupação é superior a 80%.

Os dados fazem parte de um levantamento feito pelo SindHosp (Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de
São Paulo) e divulgado hoje.

Segundo o levantamento, a maior parte dos hospitais privados (44%) estão com uma ocupação dos leitos para covid-19 entre 80% e 90%. No caso de 20% da rede, a ocupação está entre 90% e 100%.

A pesquisa foi feita entre os dias 11 e 13 de janeiro com 76 unidades de saúde privadas do estado (20% da amostra de 383 hospitais particulares aptos a atender pacientes infectados pelo novo coronavírus).

Entidade diz que hospitais ampliaram atendimento

Segundo o SindHosp, 28% dos hospitais tiveram de aumentar o número de leitos clínicos destinados à covid-19 e 26% aumentaram o número de leitos de UTI para atendimento da doença para atender o aumento da demanda.

Mesmo assim, 63% dos hospitais afirmam ter condições de aumentar o número de leitos destinados ao tratamento da covid-19, se necessário.

Coronavírus