PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
1 mês

Prefeito de Curitiba cobra Saúde por vacinas: 'Mande ou me deixe comprar'

Rafael Greca disse querer que o governo federal cumpra o plano de imunização, que chamou de "muito tímido" - Eduardo Matysiak/Futura Press/Estadão Conteúdo
Rafael Greca disse querer que o governo federal cumpra o plano de imunização, que chamou de 'muito tímido' Imagem: Eduardo Matysiak/Futura Press/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

26/02/2021 22h58Atualizada em 26/02/2021 23h07

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca (DEM), criticou hoje o plano de vacinação contra a covid-19 "muito tímido" elaborado pelo Ministério da Saúde. Reforçando o apoio à imunização, ele cobrou mais agilidade no envio das doses à capital paranaense, sugerindo que a pasta deixe que a administração municipal compre as vacinas necessárias por iniciativa própria.

"Eu quero que Brasília cumpra o plano nacional de imunização, que mande as vacinas, ou me deixe comprar as vacinas, porque eu tenho R$ 100 milhões para comprar. Eu tenho muito respeito pela instituição do presidente da República, mas, acima de tudo, tenho respeito pela vida humana", disse Greca em entrevista à CNN Brasil.

Sem citar nomes e fazendo referência a um dos dez mandamentos — "não matarás" —, ele ainda criticou "governantes" que questionam iniciativas comprovadamente eficazes para conter a disseminação do coronavírus, como o uso de máscara e o distanciamento social.

Ontem, durante sua live semanal, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) colocou em dúvida a importância dessas medidas.

"Tenho que ser empático e simpático com a causa da vida. Não matarás é a lei de Deus. Quando um governante não exerce a sua função de educar o povo para usar máscara, para manter o distanciamento, para não aglomerar, esse governante está trabalhando efetivamente em discordância com o mandamento", defendeu.

Quero vacinar, tenho vontade de vacinar, preciso vacinar. Tenho recursos para comprar vacinas. Havendo quem nos queira vender vacinas, nós vamos fazer isso além do plano de imunização do governo federal, que por enquanto é muito tímido. Se me derem vacina, consigo imunizar 15 mil pessoas por dia, em três meses eu vacino a cidade toda. Viro a 'Israel do Brasil'. Rafael Greca, prefeito de Curitiba

De ontem para hoje, a capital paranaense registrou 18 novas mortes pela covid-19, totalizando 2.905 desde o início da pandemia. As vítimas são nove homens e nove mulheres, com idades entre 37 e 88 anos, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

Já o número de infectados saltou para 140.260, com 919 casos confirmados nas últimas 24 horas.

A taxa de ocupação dos leitos públicos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para pacientes de covid-19 está em 93%, restando apenas 24 leitos livres.

Coronavírus