PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
7 meses

Covid: Turquia vai produzir a vacina Sputnik V

Vacina russa Sputnik V passará a ser produzida na Turquia  - EFE/Csaba Krizsan
Vacina russa Sputnik V passará a ser produzida na Turquia Imagem: EFE/Csaba Krizsan

Colaboração para o UOL

26/04/2021 09h01Atualizada em 26/04/2021 09h08

O Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF, do inglês Russian Direct Investment Fund) anunciou hoje que a Turquia vai passar a produzir a vacina Sputnik V, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, da Rússia.

A fabricação do imunizante contra o novo coronavírus na Turquia será feita pela farmacêutica Viscoran Ilaç. O laboratório turco realizou estudos clínicos com a vacina no país.

O acordo com a Viscoran Ilaç prevê o aumento de nossa capacidade de produção e facilita o fornecimento de Sputnik V globalmente
Kirill Dmitriev, CEO do RDIF

O RDIF não divulgou a data para o início da produção da vacina na Turquia. O fundo informou apenas que a fabricação no país vai ser iniciada "nos próximos meses".

Nossos estudos sobre este assunto também continuam com muito sucesso. Estamos muito satisfeitos por ter contribuído para um produto tão valioso que é discutido no cenário internacional
Öztürk Oran, presidente do Conselho de Administração da Viscoran

Atualmente, a Sputnik V tem uso permitido em 61 países. De acordo com o Instituto Gamaleya e o RDIF, a vacina tem eficácia de 97,6% contra a covid-19 após a aplicação de duas doses.

No Brasil, o imunizante ainda não tem autorização para uso. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) vai avaliar hoje pedidos de estados e municípios para importação da vacina.

Saúde