PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
4 meses

Covid-19: Florianópolis suspende férias de profissionais da saúde

Aumento dos casos e circulação da variante ômicron levaram à decisão - Geber86/iStock
Aumento dos casos e circulação da variante ômicron levaram à decisão Imagem: Geber86/iStock

Do UOL, em São Paulo

06/01/2022 15h59

A Prefeitura de Florianópolis decidiu suspender as férias e licenças-prêmio de profissionais de saúde para reforçar o atendimento. Os períodos de descanso cancelados são referentes aos meses de fevereiro e março.

A decisão se deu devido à circulação da variante ômicron e, por isso, a alta no número de casos. Além disso, a Saúde ampliou o horário de atendimento, montou banheiros químicos e vai ampliar o número de profissionais em atuação.

Junto a mais de dois mil prefeitos, integrantes do Consórcio Conectar, o prefeito Gean Loureiro (DEM) cobrou ao Ministério da Saúde apoio à rede de atenção básica. Ele também ressaltou a necessidade de testagem da população.

"Vamos ativar dois ginásios para testagem e caminhões itinerantes nos próximos dias. Para isso, estamos tentando contratar o máximo de profissionais de saúde possível no mercado", escreveu no Twitter.

Pandemia em Florianópolis

O nível de risco da covid-19 em Florianópolis está com "potencial moderado", segundo a prefeitura.

Os dados da Secretaria de Saúde mostram que, desde o começo da pandemia, são 100.270 casos confirmados, além de outros 229.320 suspeitos. O coronavírus já causou 1.116 mortes na cidade.

Atualmente, 1.110 infectados estão em fase de transmissão, além de 11 internados em UTI [Unidade de Terapia Intensiva]. A taxa total de ocupação de leitos está em 78.88%, sendo que no caso de vagas para adultos é de 74.49%, de 95% pediátrico e 94.29% neonatal.

Coronavírus