Conteúdo publicado há 2 meses

Ministério da Saúde: Brasil deve ter 4 milhões de casos de dengue em 2024

A secretária de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Ethel Maciel, afirmou em coletiva nesta sexta-feira (9) que o Brasil deverá ter mais de 4 milhões de casos de dengue em 2024.

O que ela disse

Ela disse que está havendo uma "antecipação" nos casos, antes previstos para março e abril. "Estamos vendo uma antecipação de casos que não tínhamos visto nas outras epidemias de dengue. Geralmente, os casos são fim de março e começo de abril".

Ethel também compartilhou que a estimativa dos casos é alta. "A estimativa do Ministério da Saúde é que a gente chegue a 4,2 milhões casos. Nunca chegamos a esse número. Estamos nos preparando desde o ano passado".

Vacinas

A pasta iniciou nesta quinta-feira (8) a distribuição das primeiras doses da vacina contra a dengue.

Distrito Federal e o estado de Goiás foram os primeiros a receber a vacina, segundo a pasta.

Bahia, Acre, Paraíba, Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul, Amazonas, São Paulo e Maranhão receberão as doses nos próximos dias.

Esse lote inicial corresponde a 712 mil doses, contemplando 315 municípios. Essa remessa corresponde a 60% dos 521 municípios selecionados para receber a vacina, informou o Ministério da Saúde.

A previsão é que todos os 521 municípios recebam doses para a vacinação da faixa etária de 10 a 11 anos até a primeira quinzena de março.

Continua após a publicidade

O Ministério da Saúde prevê que o laboratório entregue neste ano 6,5 milhões de doses. Com esse número, a pasta estima que a vacinação de todo o público-alvo, de 10 a 14 anos, nos municípios selecionados, aconteça ao longo dos próximos meses, de forma progressiva.

Como prevenir a dengue

A prevenção é possível e começa evitando a procriação do seu vetor, segundo matéria de VivaBem. O Aedes aegypti é um inseto urbano atraído por reservatórios de água, porque as fêmeas depositam os ovos na superfície da água limpa. Tais recipientes podem ser:

  • Latas e garrafas vazias;
  • Pneus;
  • Calhas;
  • Caixas d'água descobertas;
  • Pratos de vasos de plantas;
  • Ou qualquer outro meio capaz de armazenar água da chuva.

Outra forma de prevenção é vacinar-se. Está marcado para fevereiro de 2024 o início da campanha de vacinação contra a dengue pelo SUS.

A vacina utilizada será a Qdenga, disponível em duas doses. Ela pode ser aplicada tanto em quem já teve dengue quanto em quem nunca foi diagnosticado com a doença.

Continua após a publicidade

No SUS, serão priorizadas crianças e adolescentes de 10 a 14 anos. Veja aqui os municípios que receberão a vacina.

Na rede particular, o preço da vacina varia entre R$ 300 e R$ 450 por dose. Qualquer pessoa entre 4 e 60 anos pode receber o imunizante, exceto grávidas, lactantes e imunocomprometidos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes