Conteúdo publicado há 1 mês

Governo de Santa Catarina decreta emergência pela dengue

Santa Catarina decretou hoje emergência epidemiológica de dengue. Já são mais de 17 mil casos prováveis de dengue em 177 municípios catarinenses.

O que aconteceu

São 17.696 casos prováveis de dengue até o momento, além de oito mortes. Os óbitos foram registrados em Joinville (5), Araquari (1), Itajaí (1) e Itapiranga (1). Os dados são da Secretaria de Estado de Saúde, atualizados na terça-feira (20).

Os dados mostram um aumento de 650% em relação ao mesmo período do ano passado. O decreto foi assinado hoje pela governadora em exercício, Marilisa Boehm, devido a alta de casos, mortes e pressão sob a rede de saúde.

"A importância de um decreto de emergência é facilitar as ações do governo do Estado em apoio aos municípios, para que a gente consiga ter um melhor controle do mosquito e também um atendimento adequado e rápido dos casos que a gente sabe que é a hidratação adequada desde o primeiro momento do diagnóstico, diminui a evolução para casos graves e mortes", explicou a Secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto.

As primeiras 29.100 doses da vacina contra a doença já chegaram a SC. A prioridade de vacinação serão crianças de 10 e 11 anos de 13 municípios.

A dengue é considerada epidêmica quando as infecções atingem 300 casos para cada 100 mil habitantes. O chamado "coeficiente de incidência" já atingiu esse patamar em outros estados, segundo o Ministério da Saúde.

Em SC, a incidência acumulada em 2024 nas regiões de saúde é de:

  • Nordeste (1076,71)
  • Foz do Rio Itajaí (392,93)
  • Médio Vale do Itajaí (287,03)
  • Grande Florianópolis (262,24)
  • Vale do Itapocu (130,48)
  • Extremo Oeste (113,06)

Deixe seu comentário

Só para assinantes