Três civis morrem na Arábia Saudita por disparos procedentes do Iêmen

Riade, 8 Jan 2016 (AFP) - Três civis, entre eles uma criança, morreram no sul da Arábia Saudita por disparos de morteiros procedentes do Iêmen, informou nesta sexta-feira a agência oficial saudita SPA.

Os disparos ocorreram na noite de quinta-feira e alcançaram diferentes zonas da província fronteiriça de Jazan, indicou a agência, que citou um oficial da defesa civil.

Provocaram a morte de três civis, incluindo uma criança, declarou Yahya Abdullah al Qahtani à SPA. "Nove pessoas ficaram feridas e foram transportadas ao hospital".

Os rebeldes xiitas do Iêmen, que conquistaram extensas zonas do país a partir de março de 2014, intensificaram suas operações na fronteira saudita desde o fim de 2015 e lançaram vários mísseis em direção ao território da monarquia.

Um total de 90 militares e civis morreram na Arábia Saudita desde março de 2015, quando uma coalizão árabe liderada por Riad atuou no Iêmen para lutar contra os rebeldes xiitas que recebem o apoio do Irã.

No Iêmen, cerca de 6.000 pessoas, incluindo 2.795 civis, morreram desde o início da intervenção, segundo a ONU e a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos