Japão rejeita 99% dos pedidos de refúgio em 2015

Em Tóquio

  • Shizuo Kambayashi/AP

    8.dez.2015 - Funcionária da Associação Japonesa para Refugiados organiza roupas usadas em seu escritório em Tóquio (Japão)

    8.dez.2015 - Funcionária da Associação Japonesa para Refugiados organiza roupas usadas em seu escritório em Tóquio (Japão)

O Japão concedeu o estatuto de refugiado no ano de 2015 a apenas 27 das 7.586 pessoas que apresentaram o pedido, o que significa que mais de 99% das solicitações foram rejeitadas, de acordo com números oficiais divulgados pelo governo.

Entre os que receberam uma resposta positiva estão três sírios, seis afegãos, três etíopes e três cingaleses, informou o Ministério da Justiça.

O ministério destacou que o número representa um aumento na comparação com 2014, quando foram aceitos 11 pedidos, e 2013, quando apenas seis pedidos foram aprovados.

A organização japonesa para os refugiados pediu ao governo que aceite mais solicitações.

De acordo com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), o Japão tem 2.419 refugiados, contra 1,8 milhão na Turquia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos