Kerry visita Laos com o objetivo de superar velhos rancores da guerra

Vientiane, 24 Jan 2016 (AFP) - O secretário de Estado americano, John Kerry, chegou a Laos, neste domingo, para uma visita de alto nível ao país comunista com o objetivo de facilitar suas relações e superar velhos rancores de uma guerra que começou há mais de 50 anos.

"Depois de décadas de relações muito difíceis entre Laos e Estados Unidos, de um período de separação e de suspeita mútua, houve uma transformação nas relações bilaterais", disse um funcionário do Departamento de Estado aos jornalistas.

Governado desde 1975 por comunistas, Laos é o país que recebeu a maior quantidade de bombas por habitante em todo o mundo, quando a guerra do Vietnã se estendeu ao seu território entre 1964 e 1973.

Nesse período, o país foi atingido por aproximadamente 580 mil bombardeios que visavam cortar o abastecimento do Vietnã que vinha do norte.

Barack Obama se tornará o primeiro presidente dos Estados Unidos a visitar o país quando participar da conferência dos países da Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN, na sigla em inglês), que acontecerá no Vietnã em 2016.

John Kerry, que foi combatente na guerra do Vietnã, é o segundo secretário de Estado americano a realizar uma visita oficial a Laos desde meados da década de 1950, depois que Hillary Clinton visitou o país em 2012.

Esta visita acontece três semanas antes de um encontro previsto na Califórnia entre os países da ASEAN (Birmânia, Brunei, Camboja, Vietnã, Laos, Singapura, Tailândia, Filipinas, Papua-Nova Guiné e Timor Leste).

O secretário de Estado viajou a Laos partindo de Riad, onde pretendia tranquilizar seus parceiros do Golfo, preocupados pela aproximação entre Estados Unidos e Irã, após a retirada de sanções pelo programa nuclear de Teerã. Em seguida, Kerry se dirigirá ao Camboja.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos