Soldados israelenses matam palestina que os ameaçava com faca

Jerusalém, 13 Fev 2016 (AFP) - Soldados israelenses mataram a tiros uma mulher palestina que ameaçou com uma faca um soldado perto do Túmulo dos Patriarcas, um local sagrado para judeus e muçulmanos em Hebron, no sul da Cisjordânia ocupada - anunciou o Exército israelense.

"A agressora puxou uma faca e tentou esfaquear um soldado estacionado perto do Túmulo dos Patriarcas. Em resposta, os soldados dispararam e mataram" a mulher, disse o Exército em comunicado.

O ministério da Saúde palestino confirmou a morte da mulher, mas ainda não revelou sua identidade.

Os territórios palestinos e Israel são cenário desde 1º de outubro de 2015 de uma onda de violência que deixou 167 mortos palestinos, 26 israelenses, um americano, um eritreu e um sudanês.

A maioria dos palestinos mortos são autores ou supostos autores de ataques anti-israelenses, muitos deles cometidos com armas brancas.

Outros morreram em enfrentamentos com as forças de segurança.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos