Bélgica restabelece os controles em sua fronteira com a França

Bruxelas, 23 Fev 2016 (AFP) - A Bélgica anunciou nesta terça-feira que vai restabelecer temporariamente os controles de fronteira com a França, para fazer frente a uma possível chegada de refugiados provenientes do acampamento de Calais, no litoral do Canal da Mancha, onde calcula-se que estão 3.700 migrantes.

"Informamos à Comissão Europeia que vamos cancelar temporariamente Schengen", indicou o ministro belga do Interior, Jan Jambon, em referência às regras de livre circulação dentro do espaço europeu.

A França anunciou que desalojará parte do acampamento, onde milhares de migrantes - em sua maioria originários da África Oriental, Oriente Médio e Afeganistão - esperam, em condições precárias, poder chegar ao Reino Unido.

Mais tarde, um tribunal administrativo de Lille, no norte, admitiu um recurso interposto por um grupo de migrantes e associações, pelo que o desalojamento do campo, conhecido como "A Selva", acabou sendo adiado.

O endurecimento dos controles no Canal da Mancha fez com que a rota dos migrantes fosse desviada até o porto belga de Zeebrugge.

"Queremos evitar, a todo custo, acampamentos como o de Calais, na Bélgica. É uma questão de mantimento da ordem", declarou Jambon.

siu-cds/mla/pjl/an/mb/cn/mp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos