Atentado durante enterro deixa 20 mortos no Iraque

Baquba, Iraque, 29 Fev 2016 (AFP) - Um ataque suicida deixou ao menos 20 mortos e 40 feridos nesta segunda-feira na zona nordeste de Bagdá, depois que o agressor detonou seu cinturão de explosivos durante um funeral, informaram fontes da segurança iraquiana.

O ataque ocorreu na cidade de Muqdadiyah durante o funeral de um membro conhecido da tribo Bani Tamim, uma das principais tribos da província de Diyala, segundo as autoridades da segurança.

O atentado ainda não foi reivindicado, mas os ataques suicidas são geralmente cometidos pelo grupo jihadista sunita Estado Islâmico (EI) no Iraque.

No domingo, atentados em uma área xiita ao norte de Bagdá mataram 39 pessoas e feriram 76, os ataques mais sangrentos na capital iraquiana desde o início do ano. O EI reivindicou o ato.

O grupo extremista também alega ter sido responsável por um ataque em um café em Muqdadiyah, em janeiro, que deixou pelo menos 20 mortos, após o qual ataques foram realizados em represália contra as casas de moradores sunitas.

Na ocasião, a organização Human Rights Watch indicou que milicianos xiitas haviam sequestrado e matado civis sunitas e incendiado casas e mesquitas.

strs-sf/wd/tp/iw/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos