Ex-prefeito de NY Michael Bloomberg descarta candidatura à Casa Branca

Nova York, 7 Mar 2016 (AFP) - O ex-prefeito de Nova York Michael Bloomberg, de 74, anunciou nesta segunda-feira que não se candidatará à Casa Branca, após meses de considerações.

"Há uma boa chance de que a minha candidatura possa levar à eleição de Donald Trump, ou do senador Ted Cruz. Este é um risco que eu não posso correr em sã consciência", informou o bilionário do setor de mídia, em um comunicado.

Bloomberg explicou que foi estimulado a anunciar sua candidatura, por "dever patriótico", por parte dos que se opõem aos atuais pré-candidatos.

"Mas quando olho os números, está claro para mim que, se eu entrasse na corrida, poderia não ganhar", completou, na nota divulgada por sua agência de notícias, a Bloomberg.

O empresário acusou o magnata Donald Trump de conduzir "a mais divisora e demagógica campanha presidencial que eu consigo me lembrar" e que ele "apela para nossos piores instintos".

Em relação a Ted Cruz, Bloomberg comentou que a posição do senador sobre a questão migratória não tem os "excessos retóricos" de Trump, "mas não é menos extremista".

Michael Bloomberg disse ainda que não apoiará qualquer candidato publicamente, por enquanto, e que permanecerá "calado diante da ameaça que o extremismo partidário representa para o nosso país".

Dono da 10ª maior fortuna dos Estados Unidos (estimada em US$ 36,5 bilhões), Michael Bloomberg foi prefeito de Nova York de 2002 a 2013.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos