Procuradoria de Paris abre investigação na França por ataques em Bruxelas

Paris, 22 Mar 2016 (AFP) - A Procuradoria de Paris abriu uma investigação sobre os sangrentos atentados desta terça-feira no aeroporto e no metrô de Bruxelas, nos quais pelo menos oito franceses ficaram feridos - informou uma fonte judiciária parisiense.

A abertura de investigação por parte da Justiça francesa é um procedimento padrão, já que oito cidadãos franceses ficaram feridos - três deles gravemente.

Aberta pelos "assassinatos e tentativas de assassinatos em relação com uma empreitada terrorista" e "associação criminosa terrorista com o objetivo de cometer crimes contra pessoas", esta investigação está nas mãos dos serviços policiais da DGSI (Inteligência Interna), da SDAT (Direção Antiterrorista) e da Direção Inter-regional da Polícia Judiciária de Lille, no norte do país.

O balanço das vítimas francesas pode mudar ao longo da noite, disse à AFP um porta-voz do Ministério francês das Relações Exteriores.

A investigação principal sobre esses ataques coordenados está nas mãos da Procuradoria Federal belga.

Os atentados deixaram cerca de 30 mortos e 200 feridos e foram reivindicados pelo grupo Estado Islâmico.

nal-arb/tt/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos