Dois palestinos mortos após esfaquearem soldado israelense

Jerusalém, 24 Mar 2016 (AFP) - Um soldado israelense ficou gravemente ferido ao ser esfaqueado nesta quinta-feira em Hebron, na Cisjordânia, por dois palestinos, que foram mortos pelas forças de segurança, informou um porta-voz militar israelense.

O ataque ocorreu perto de um posto de controle do exército israelense na entrada de Tel Rudeina, um bairro ocupado por colonos israelenses no centro de Hebron, segundo a polícia.

Desde 1º de outubro, quando começou o atual ciclo de violência, 200 palestinos, 28 israelenses, dois americanos, um eritreu e um sudanês morreram, segundo uma contagem da AFP.

A maioria dos palestinos foram mortos quando atacaram ou tentaram atacar com facas militares ou civis israelenses.

Hebron, a maior cidade da Cisjordânia, é um barril de pólvora desde a instalação de 500 colonos no centro histórico protegido pelo exército.

Israel fechou a Cisjordânia até sábado à meia-noite devido ao feriado judaico do Purim, que começou na quarta-feira.

jlr-ssh/mer/zm/ra/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos