Hospital naval de San Diego reabre após descartada presença de homem armado

Los Angeles, 24 Mar 2016 (AFP) - Autoridades americanas reabriram nesta quinta-feira o hospital naval de San Diego (sudoeste dos Estados Unidos), após confirmar que não havia nenhum homem armado em seu interior.

O centro médico ficou fechado como medida preventiva quando a polícia recebeu um telefonema anônimo às 07h30 locais (11h30 de Brasília), alertando para a presença de um indivíduo suspeito.

As forças de segurança examinaram durante várias horas cada um dos andares, mas "não encontraram ninguém", explicou à AFP Madison McSweeney, porta-voz da região sudoeste da Marinha americana.

No entanto, foi aberta uma investigação sobre os quatro cartuchos de munição encontrados em uma parte do edifício, explicou.

O hospital já tinha sido fechado em 26 de janeiro devido a um incidente similar. Naquela ocasião, também foi demonstrado que havia sido alarme falso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos