ONU Mulheres condena violência sexista contra Dilma

Brasília, 24 Mar 2016 (AFP) - A Organização das Nações Unidas para as Mulheres condenou nessa quinta-feira a "violência sexista" contra a presidente Dilma Rousseff e pediu que se proteja o Estado de direito.

"A ONU Mulheres condena todas as formas de violência contra as mulheres, inclusive a violência política de ordem sexista contra a Presidenta da República, Dilma Rousseff", afirma a declaração.

"Nenhuma discordância política ou protesto pode abrir margem e/ou justificar a banalização da violência de gênero - prática patriarcal e misógina que invalida a dignidade humana", completa.

"A ONU Mulheres observa com preocupação o contexto político brasileiro e apela publicamente à salvaguarda do Estado Democrático e de Direito", acrescenta.

A organização pediu à sociedade brasileira que mantenha a calma nas manifestações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos