ONG resgata 378 imigrantes no Mediterrâneo

Marselha, 28 Mar 2016 (AFP) - A associação europeia SOS Mediterrâneo, que fretou um navio, o Aquarius, com a Médicos do Mundo para salvar migrantes no mar, anunciou que reuniu 378 pessoas a bordo nesta segunda-feira.

132 pessoas oriundas de diversos países da África (122 homens, 7 mulheres e 3 crianças) foram inicialmente resgatadas de um afogamento iminente, segundo um comunicado da SOS Mediterrâneo. O Aquarius levou em seguida na tarde desta segunda 246 outros migrantes, que foram resgatados depois pela guarda costeira italiana, explicou a ONG.

Em um mês, 571 pessoas foram recolhidas a bordo do Aquarius, segundo a SOS Mediterrâneo, que acaba de anunciar a continuação das suas operações no mar até o final de 2016.

Este antigo navio da guarda costeira alemã pode acomodar até 500 pessoas. Sua tripulação é composta por dez marinheiros, uma equipe de Médicos do Mundo de socorristas, enfermeiros e um intérprete.

Avaliando o custo de suas operações para 11.000 euros por dia, uma parcela significativa de combustível, a SOS Mediterrâneo renovou o seu apelo para doações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos