Dez marinheiros indonésios sequestrados nas Filipinas

Jacarta, 29 Mar 2016 (AFP) - Dez marinheiros indonésios foram sequestrados nas Filipinas por militantes islamitas que exigem o pagamento de resgate em troca da libertação, anunciou o ministério das Relações Exteriores da Indonésia.

Os integrantes da tripulação estavam a bordo de duas embarcações que transportavam carvão da ilha de Bornéu para as Filipinas quando foram sequestrados, afirmou o chanceler Retno Marsudi.

As autoridades não sabem quando as duas embarcações - uma chata e um rebocador - foram atacados, mas os proprietários receberam uma ligação no sábado de uma pessoa que afirmava pertencer ao grupo islamita Abu Sayyaf, disse o ministro. Marsudi afirmou que os sequestradores exigem um resgate, que não teve o valor divulgado.

O grupo filipino Abu Sayyaf, vinculado à Al-Qaeda, é conhecido por cometer sequestros e foi acusado de executar ataques violentos. Posteriormente declarou lealdade ao grupo Estado Islâmico (EI).

rws-sr/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos