Senadores de esquerda do México deflagram campanha contra Trump

México, 29 Mar 2016 (AFP) - Aos gritos de "México contra Trump", os senadores de esquerda do Partido da Revolução Democrática do México (PRD) anunciaram nesta terça-feira uma campanha contra o polêmico pré-candidato republicano à presidência dos Estados Unidos Donald Trump, cuja estratégia inclui uma retórica beligerante contra os mexicanos.

Os senadores ligados à campanha colocaram faixas no Senado com a frase "#mxcontratrump", em referência à hashtag ligada à iniciativa.

A campanha "terá tramitação urgente e esperamos o apoio de todos os grupos parlamentares para que o Senado acerte que todos os seus integrantes promovam, por qualquer meio de comunicação, esta campanha contra Donald Trump", disse à imprensa Miguel Barbosa, coordenador no Senado do PRD.

Desde o início de sua campanha, o republicano Trump tem se mostrado agressivo contra os imigrantes e chamou os mexicanos que entram ilegalmente nos EUA de narcotraficantes e estupradores.

Trump afirma que se chegar à presidência obrigará o México a pagar a construção de um muro na fronteira entre os dois países, de mais de 3 mil quilômetros.

"Fazemos um apelo ao povo americano para que rejeite esta estratégia e impeça a iniciativa de Donald Trump de se tornar (...) presidente da nação mais poderosa do mundo, colocando em risco a estabilidade e a paz em nosso planeta", disse Barbosa no Senado.

Com sua campanha "México contra Trump" o PRD busca desprestigiar a estratégia do pré-candidato republicano, que acusa de ser "xenófoba e racista".

Segundo pesquisa do instituto GEA-ISA, 61% dos mexicanos têm uma opinião negativa de Trump e dois terços consideram que seu governo será prejudicial ao México.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos