Guarda de fronteira é ferido em emboscada de grupo radical na Tunísia

Tunes, 30 Mar 2016 (AFP) - Um guarda de fronteira foi ferido nesta quarta-feira à noite em uma emboscada armada por "mais de 15 terroristas" na região de Kasserin, centro-leste da Tunísia, perto da Argélia - anunciou o Ministério tunisiano do Interior.

"Um grupo composto por cerca de 15 terroristas montou uma emboscada e abriu fogo contra uma viatura de guardas fronteiriços nas imediações de Feriana", relatou o Ministério em um comunicado.

Segundo a mesma fonte, "houve um intenso tiroteio, o veículo pegou fogo, e um guarda fronteiriço foi ferido e levado para o hospital regional de Kasserin".

O grupo de agressores "fugiu para o monte Chaambi", completou.

Além disso, foram pedidos reforços de unidades do Exército para lançar operações de segurança na área.

Desde a chamada Revolução de Jasmim, em 2011, a Tunísia enfrenta o auge de um movimento extremista, vinculado em um primeiro momento à Al-Qaeda no Magreb Islâmico (AQMI), responsável pela morte de dezenas de soldados e policiais.

Vários ataques aconteceram na região de Kasserin, sobretudo, no monte Chaambi, um dos principais focos de guerrilha no país.

ms-gk/plh/jmr/tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos