Aeroporto de Amsterdã é esvaziado após alerta; um foi preso

Em Haia

  • Michel van Bergen/AFP

O aeroporto Schiphol, em Amsterdã, foi esvaziado parcialmente na noite desta terça-feira (12), em meio a um alerta e à prisão de um suspeito, informou uma porta-voz à AFP.

"A polícia esvaziou parte da área comercial do aeroporto e o vizinho hotel Sheraton, e deteve uma pessoa", declarou a porta-voz Danielle Timmer, sem dar maiores detalhes.

Imagens da TV holandesa mostraram policiais fortemente armados na zona do aeroporto, que se encontra em alerta desde os ataques de 22 de março, em Bruxelas.

"Por volta das 21H45 (16h45 Brasília) foi detido um homem na praça situada diante da entrada principal da área comercial do aeroporto, disse à AFP o porta-voz da polícia militar, Alfred Ellwanger". "Os especialistas em explosivos estão revistando a bagagem do homem detido".

Nenhum voo foi afetado e os trens chegavam normalmente à estação subterrânea do aeroporto, acrescentou o porta-voz.

Até o momento não há informações sobre o número de pessoas retiradas quando a polícia isolou a área, mas segundo Ellwanger, no momento da medida faltavam poucas chegadas e partidas para a conclusão da jornada no aeroporto.

"Uma parte de Schiphol não está acessível devido a um incidente. A polícia está investigando. No momento, o tráfego aéreo não está afetado", informou o aeroporto em sua conta no Twitter.

Schiphol, situado junto a Amsterdã, a capital holandesa, é um dos aeroportos de maior movimento da Europa, com cerca de 50 milhões de passageiros ao ano.

Um porta-voz da polícia revelou que uma pessoa foi detida na estação de Leiden, perto do aeroporto, por dar um "alarme falso", mas o incidente não está relacionado com o caso em Schiphol.

Após os ataques em Bruxelas, que deixaram 32 mortos no mês passado, o governo holandês aumentou a segurança nas estações e aeroportos do país, além de reforçar o controle na fronteira com a Bélgica.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos