Obama pede a jovens britânicos que resistam ao isolacionismo

Londres, 23 Abr 2016 (AFP) - O presidente americano Barack Obama pediu neste sábado em Londres a um grupo de jovens britânicos que resistam ao apelo do isolacionismo e da xenofobia, em uma visita durante a qual defendeu a permanência do Reino Unido na União Europeia no referendo de junho.

"Vemos como se elevam novas vozes e apelam ao isolacionismo, a xenofobia, vemos alguns pedindo um retrocesso nos direitos das pessoas", disse em um encontro com 500 jovens na Sociedade Real de Horticultura.

"São reações às mudanças e à incerteza atual", acrescentou, mas "peço que rejeitem estes apelos e o retrocesso. Quero que tenham uma visão mais e otimista da história".

Esta é a quinta visita a Londres de Obama como presidente - ele só visitou a França mais vezes - e talvez a última, oito meses antes do fim de seu mandato.

Durante a visita, Obama pediu aos britânicos que permaneçam na UE no referendo de 23 de junho, como deseja o primeiro-ministro David Cameron, alegando que, com a organização, a Europa viveu "sete décadas de relativa paz e prosperidade".

O presidente americano se reuniu neste sábado com o líder da oposição britânica, o trabalhista Jeremy Corbyn, e, segundo a Casa Branca, o parabenizou por sua eleição.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos