Fungadas de Trump em debate viralizam nas redes sociais

Em Washington

  • Lucas Jackson/Reuters

As fungadas de Donald Trump durante o debate presidencial contra Hillary Clinton realizado na noite de segunda-feira (26) viralizaram nas redes sociais, com piadas e ironias sobre um candidato que fez da saúde de sua concorrente um tema de campanha.

Hashtaghs como #Sniffles (fungadas), #TrumpSniffles (fungadas de Trump) e #Trumpsniffing (Trump fungando) tomaram conta das redes sociais depois que o republicano fungou repetidamente nos minutos iniciais do debate.

O comediante Stephen Colbert brincou que Trump "parecia que estava lutando contra uma gripe com cocaína".

Outros questionaram a saúde de Trump.

"Parece pneumonia para mim", tuitou o ex-congressista democrata John Dingell.

"Hey, @realDonaldTrump, quer um desses?", perguntou Michael Shanks, mostrando um pacote de lencinhos.

 


Uma pneumonia afastou Hillary da campanha por alguns dias no início do mês, depois que Trump levantou, repetidamente, dúvidas sobre a saúde de sua oponente.

"Trump vai fazer HRC ficar doente novamente!" ("Trump is going to make HRC sick again"), afirmou por sua vez Carla Ingraham, parafraseando o slogan de campanha do magnata, "Make America Great Again".

Em entrevista a um programa da rede Fox News nesta terça (27), Trump disse que não está gripado, nem tem alergias.

"Não houve fungadas", frisou, culpando o microfone.

"O microfone era muito ruim. Pode ser que funcionasse o suficiente para que se ouvisse minha respiração", alegou.

Falando com jornalistas em seu avião de campanha, Hillary ironizou: "quando alguém reclama do microfone, não está tendo uma noite boa".

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos