PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Míssil que derrubou voo da Malaysia Airlines na Ucrânia foi disparado por pró-russos

28/09/2016 09h43

Nieuwegein, Holanda, 28 Set 2016 (AFP) - O Ministério Público holandês identificou dezenas de pessoas potencialmente envolvidas no disparo do míssil que derrubou o voo MH17 na Ucrânia, e confirmou o projétil foi lançado a partir do território separatista pró-russo.

"Nossa investigação demonstrou que o local de onde o míssil foi disparado se encontrava em mãos rebeldes", afirmou nesta quarta-feira Wilbert Paulissen, um dos chefes da instrução do caso que envolve a queda do avião da Malaysia Airlines, derrubado em 17 de julho de 2014.

mbr-jhe/jkb/cls/jz/cn

Internacional