Turquia suspende difusão de 10 redes pró-curdas

Diyarbakir, Turquia, 29 Set 2016 (AFP) - As autoridades turcas suspenderam a difusão por satélite de 10 redes pró-curdas invocando o estado de emergência em vigor desde o golpe de Estado frustrado de julho, indicou nesta quinta-feira uma autoridade local no sudeste de maioria curda do país.

Segundo ele, os 10 canais de televisão, entre eles um para crianças, foram excluídos na quarta-feira à noite do grupo por satélite Turksat que os divulgava.

A maioria destas redes estão baseadas em Diyarbakir, no sudeste do país. A difusão de duas rádios também foi suspensa, segundo a mesma fonte.

O estado de emergência foi imposto por três meses na Turquia após a tentativa de golpe de 15 de julho, imputada por Ancara à confraria do ex-pregador Fethullah Gulen, instalado no Reino Unido.

Segundo as autoridades turcas, 32.000 pessoas foram detidas no âmbito de grandes expurgos contra os partidários de Gulen, mas também contra pessoas ou meios de comunicação vinculados aos rebeldes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) considerado por Ancara como "organização terrorista".

mb-fo/raz/ezz/ia/me/app/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos