Mulheres aderem ao terninho de Hillary para lutar por direitos

De Los Angeles (EUA)

  • Divulgação/Instagram

    Mulheres se vestem como Hillary para votar

    Mulheres se vestem como Hillary para votar

Um grupo secreto do Facebook, chamado "Pantsuit Nation", começou com 50 seguidores da democrata Hillary Clinton, que decidiram vestir literalmente o clássico conjunto usado pela candidata democrata em suas aparições durante a campanha.

E, em poucos dias, virou um fenômeno: já são 2,2 milhões de integrantes e, para entrar no grupo, só com convite.

O "Pantsuit Nation" foi criado por Libby Chamberlain, uma admiradora de Hillary Clinton do Estado do Maine, nordeste dos Estados Unidos.

"Falamos como Hillary encarna bela e estoicamente a luta das mulheres por igualdade, e o uso do terninho é um emblema da luta", afirmou à CNN.

Divulgação/Instagram
Nos EUA, mulheres tiraram terninho do armário


Hillary Clinton foi criticada e elogiada pelo uso contínuo do mesmo tipo de traje, mas, no final de uma campanha acirrada, sua roupa se converteu num símbolo da ex-secretária de Estado, ex-senadora e ex-primeira-dama.

Até mesmo a estrela pop Beyoncé trocou seus vestidos justos e sensuais por um terninho em um comício de Hillary na semana passada.

Seus dançarinos também usavam roupas similares na cor azul, do Partido Democrata.

Na página do Facebook, seguidores de Hillary compartilham histórias pessoais e comoventes explicando os motivos pelos quais votarão na candidata.

Divulgação/Instagram
O "Pantsuit Nation" ganhou milhares de adeptas

Uma mulher grávida postou uma foto no centro eleitoral, dizendo que, apesar de estar em trabalho de parto, votou antes de ir para o hospital dar à luz.

A popularidade da "Pantsuit Nation" fez o grupo evoluir para um site, além de ganhar contas no Twitter, Instagram e uma página aberta no próprio Facebook.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos