PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Meio milhão de habitantes da iraquiana Mossul sem água potável

30/11/2016 09h30

Bagdá, 30 Nov 2016 (AFP) - Quase meio milhão de habitantes de Mossul, a segunda cidade do Iraque em mãos do grupo Estado Islâmico (EI) e sitiada pelo exército iraquiana, padecem com a falta de água potável, que pode ter consequências catastróficas, alertou a ONU.

"Cerca de meio milhão de civis, que já têm dificuldades para se alimentar diariamente, padecem agora da privação de água potável", declarou à AFP Lise Grande, coordenadora das operações humanitárias da ONU no Iraque.

Esta falta de água terá consequências catastróficas para as crianças, mulheres e famílias da cidade, onde ocorrem violentos combates entre o EI e as forças iraquianas, acrescentou.

jmm-dab/feb.

Internacional