Líder opositor iraniano Mehdi Karrubi renuncia à direção de seu partido

Teerã, 27 dez 2016 (AFP) - O líder da oposição iraniana Mehdi Karrubi, 79 anos, em prisão domiciliar desde fevereiro de 2011, renunciou à direção de seu partido, Etemad Melli (Confiança Nacional), informa a imprensa de Teerã.

Karrubi e Mir Hosein Musavi, candidatos derrotados na eleição presidencial de 2009, convocaram protestos contra a reeleição - que consideravam fraudulenta - do conservador Mahmud Ahmadineyad.

O governo reprimiu as manifestações a acusou os participantes de "sedição".

"Considerando minha situação desde o ano 1389 (que corresponde a 2011) e na medida em que não sei quanto tempo isto vai durar, peço a meus amigos que aceitem minha renúncia", escreveu Karrubi em uma carta enviada aos dirigentes do partido, afirma o jornal reformista Shargh.

Na carta, Karrubi faz um apelo de união ao Etemad Melli, partido que não foi proibido apesar da detenção de seu líder.

O atual presidente do país, Hassan Rohani, não conseguiu obter a libertação de Karrubi e Musavi, promessa que fez durante a campanha eleitoral que o levou ao governo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos