Líder de Boko Haram diz que matou adversário dentro do grupo radical

Kano, Nigéria, 24 Fev 2017 (AFP) - O líder do grupo islamista nigeriano Boko Haram, Abubakar Shekau, anunciou ter matado um dos membros da organização suspeito de armar um complô contra ele, segundo gravação obtida nesta sexta-feira pela AFP.

Em uma reunião organizada com seus chefes, e gravada em áudio, Shekau disse ter matado Tasiu - também conhecido como Abu Zinnira -, um comandante que aparece em vários vídeos do grupo, entre eles no da reivindicação do sequestro das alunas de Chibok, em 2014.

"Prestem atenção: matei Tasiu. Prestem bem atenção", repete Shekau na gravação destinada aos membros do grupo islamita.

Abubakar Shekau é o rosto mais conhecido desta rebelião que deixou ao menos 20.000 mortos e 2,6 milhões de deslocados.

Na gravação, Shekau acusa Abu Zinnira "Tasiu" de ter tentado derrubá-lo junto a outro comandante.

"Digam-me, qual é o castigo para quem trama complôs contra seu chefe?", questiona Shekau. "Em nosso código de lealdade, não hesitaremos em punir qualquer elemento que cometa esta ofensa", afirma.

abu-phz/spb/jhd/me/pa/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos