Ataque aéreo contra uma prisão deixa 16 mortos na Síria

Beirute, 25 Mar 2017 (AFP) - Ao menos 16 pessoas morreram nas últimas horas em um ataque aéreo contra uma prisão de Idlib, cidade sob controle dos rebeldes no noroeste da Síria, anunciou neste sábado a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Entre os mortos há prisioneiros e guardas, de acordo com a ONG, que tem sede no Reino Unido e conta com uma ampla rede de fontes no país em guerra.

O OSDH indicou que os ataques podem ter sido executados por aviões russos, que desde setembro de 2015 apoiam o regime de Bashar al-Assad em sua guerra contra os grupos de oposição.

A ONG afirma que consegue identificar os responsáveis pelos bombardeios com a observação do tipo de avião, sua localização e as munições utilizadas.

Após o ataque, os guardas abriram fogo contra os prisioneiros que tentaram fugir, segundo o OSDH, e podem ter deixado outros feridos.

Idlib caiu em março de 2015 sob controle do chamado Exército da Conquista, uma coalizão de grupos rebeldes islamitas e jihadistas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos