Opositor russo Navalny detido em manifestação em Moscou

Moscou, 26 Mar 2017 (AFP) - O opositor russo Alexei Navalny foi detido pela polícia em uma manifestação contra a corrupção que reuniu milhares de pessoas neste domingo no centro de Moscou, informou seu porta-voz Kira Yarmych no Twitter.

"Navalny foi detido na (praça) Mayakovskaya", no trajeto da passeata proibida pelas autoridades, escreveu Yarmych.

"Está tudo bem da minha parte, não vale a pena lutar por mim", escreveu o próprio Navalny em sua conta no Twitter, antes de pedir a continuidade do protesto.

"O tema hoje é a luta contra a corrupção", completou.

Quase 130 pessoas foram detidas no protesto, de acordo com a organização OVD Info, especializada em acompanhar as manifestações.

"As detenções continuam", completou a ONG em uma mensagem no Twitter.

A manifestação na rua Tversakia, uma das principais vias da capital russa, que leva ao Kremlin, foi proibida pelas autoridades, uma decisão questionada por Navalny.

Quase 8.000 pessoas participaram no protesto, segundo a polícia.

Esta é uma das maiores manifestações dos últimos anos na Rússia.

Na Praça Pushkin, o protesto reuniu milhares de pessoas, constatou a AFP.

A polícia prendeu várias pessoas usou gás lacrimogêneo para dispersar a multidão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos