Alemanha abre investigação por suspeitas de espionagem turca

Berlim, 28 Mar 2017 (AFP) - O Ministério Público federal alemão abriu uma investigação contra anônimos em reação às suspeitas de espionagem que pesam sobre a Turquia, que teria vigiado partidários do pregador Fethullah Gulen na Alemanha, anunciou uma porta-voz nesta terça-feira.

"O êxito de nossa investigação dependerá em grande parte das informações que as autoridades de contraespionagem alemãs nos darão", acrescentou Frauke Köhler, num momento em que Ancara está sob suspeita de ter espionado 300 pessoas e organizações na Alemanha, consideradas próximas ao movimento de Gulen, acusado pelo poder turco do golpe de Estado frustrado no verão passado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos