EUA sancionam 271 cientistas sírios por armas químicas (Tesouro)

Washington, 24 Abr 2017 (AFP) - Os Estados Unidos impuseram sanções financeiras contra funcionários do governo sírio em resposta a um suposto ataque com gás sarin contra civis no início de abril, anunciou o departamento do Tesouro.

As medidas envolvem o congelamento de todos os ativos nos Estados Unidos de 271 funcionários do Centro de Estudos e Investigação Científica da Síria, além da proibição para qualquer indivíduo ou empresa americana de fazer negócios ou acordos com os sancionados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos