Alemanha pede revisão de regras bancárias da UE após resgates na Itália

Bruxelas, 10 Jul 2017 (AFP) - O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schäuble, soliciou, nesta segunda-feira (10), a revisão das normas bancárias europeias, no momento em que alguns países criticam os recentes resgates do governo a bancos italianos.

"À luz dos últimos casos, devemos examinar concretamente se nossos instrumentos são suficientes, se são bons e o que mais pode ser feito", disse o influente ministro alemão na chegada à Bruxelas para uma reunião com seus pares da zona do euro.

No fim de junho, Bruxelas autorizou que a Itália fizesse o resgate de dois pequenos bancos, Veneto Banca e Banca Popolare di Vicenza, por cerca de 19 bilhões de dólares.

Schäuble lamentou as diferenças entre as regras nacionais e as europeias para bancos quebrados. "Temos que discutir sobre como podemos mudar isso no futuro", afirmou o ministro da primeira economia da zona do euro.

Muitos países consideram que esses resgates contrariam as regras da UE, destinadas a proteger os contribuintes de acabar pagando pelos fracassos bancários.

clp-tjc/age/ll

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos